Qual o significado que a sua empresa dá para o escritório?

Muitas empresas vêm tentando ressignificar o ambiente de trabalho com o objetivo de tornar esse espaço mais atrativo. O ponto é que, mesmo com essas transformações, as pessoas não querem mais ir para o escritório apenas para trabalhar, elas estão em busca de flexibilidade e novas conexões. Ser recepcionado com videogame, snacks e piscina de bolinhas não são mais motivos o suficiente para fazer com que alguém frequente o mesmo local todos os dias.

Depois que o Google postou algumas imagens do seu escritório - que continha até quadra de vôlei de praia - muitas organizações começaram, inspiradas nesse movimento, a investir mais em seus espaços físicos. O resultado? Isso virou moda. 

As empresas levaram tão a sério a ideia de investirem em seus escritórios que isso chegou ao ponto das pessoas pensarem que o correto era passar 100% do seu tempo nesses espaços. Foi nesse momento que a proposta deixou de ser interessante e começou a desandar. O projeto se tornou uma "prisão sutil" e até mesmo filhos, esposa, marido, papagaio poderiam estar lá. E não é assim que deveria ser porque o escritório é apenas uma possibilidade, "mais um posto de trabalho", e não o único ambiente onde alguém pode desempenhar as suas atividades profissionais.

Ainda estamos vivendo uma onda de tentar ressignificar o espaço de trabalho, porque as organizações que não tomarem essa atitude vão ficar para trás, perder talentos e até mercado. Por outro lado, essa mudança está sendo vista com outros olhos. Agora, as empresas estão em busca de alternativas mais colaborativas. 

As corporações perceberam que, ao invés de ficarem isoladas em uma sala, elas podem ganhar muito mais indo para um lugar onde tem outros negócios e mais trocas podem acontecer - como os coworkings. Isso também não significa que toda a empresa tenha que se mudar para esse novo local, mas abre caminhos para que os membros da equipe possam trabalhar de onde se sentirem mais à vontade.

Quem for capaz de enxergar esse movimento com outra perspectiva, perceberá que todos podem sair ganhando. Profissionais trabalharão com mais autonomia, se sentirão mais engajados, novas conexões e trocas de experiências poderão acontecer com negócios de outras áreas e, por consequência, tudo isso se converterá em mais resultados e ganhos em produtividade para as empresas. 

Como a sua empresa vem lidando com essas questões? O escritório é o mesmo de sempre ou esse ambiente vem sendo ressignificado com o objetivo de estar mais alinhado com os tempos atuais? Deixe a sua resposta nos comentários!