Planejando o dia: 5 dicas para organizar o trabalho remoto com a vida pessoal

O que quero dizer com isso?

Não ter uma divisão clara entre “trabalho” e “vida pessoal” pode parecer estranho, mas podemos utilizar isso ao nosso favor. Se você faz o seu próprio horário, é possível se organizar para manter os hábitos que são essenciais para a sua rotina. Seja um esporte, almoçar com o filho ou tirar uma soneca depois do almoço, mas lembre: você precisa dividir essas informações com o time.

Afinal, o mais importante é que você vai cumprir com o que está combinado com a equipe para aquele dia. Se você fizer isso mais feliz, depois da sua soneca, melhor ainda.

No Startaê, por exemplo, todo mundo sabe que pratico hipismo das 8h30 às 10h30 da manhã e que esse horário é sagrado para mim. Nesse momento, eu me desligo dos projetos. Porém, só consigo estar tranquila fazendo isso porque o time entende que é muito relevante para mim e até mesmo para a minha produtividade.

Esses dias, lendo alguns materiais da nossa parceira Gabriela Brasil, encontrei uma representação exata do que estou tentando explicar:

As seis etapas da organização pessoal

  • Propósito: é aquilo que precisamos dar conta de realizar para nos sentirmos completos;
  • Priorização: é focar no que é mais importante;
  • Planejamento: é estruturar um mapa que te direcione rumo a alcançar os seus objetivos;
  • Prática: é se comprometer com o processo, com consistência e determinação diárias;
  • Persistência: é enfrentar a resistência mesmo que doa;
  • Paz: é desfrutar da tranquilidade e tempo, resultado da organização e disciplina.

E como isso pode ser aplicado na prática?

# Planeje o seu dia antes de começar

Tire um tempo focado só para isso, o seu cérebro trabalha de forma diferente quando está planejando e quando está executando. Faça uma lista com tudo o que tem para fazer naquele dia, sejam tarefas pessoais ou profissionais. Veja quais são as prioridades, organize as tarefas na ordem que você pretende fazê-las e determine mais ou menos quanto tempo você acha que vai demorar para cada item. Assim, é possível encaixar intervalos de descanso durante o dia e vai ficar ainda mais fácil de se concentrar quando o seu trabalho iniciar.

# Crie blocos de tempo para as atividades

Ser multitarefa é ter a ilusão de produtividade. Trabalhando assim gastamos muito tempo trocando de uma tarefa para outra o tempo todo e acabamos perdendo mais tempo que ganhando. Com blocos de tempo, você poderá ter dedicação total a uma tarefa por vez e ser muito mais produtivo em cada atividade individual.

# Desabilite as notificações de trabalho do seu celular

Se você trabalha com times distribuídos, eles podem ter horários de trabalho diferentes dos seus e nem por isso você precisa acompanhar tudo o que está acontecendo em real time.

Por isso é importante estabelecer horários específicos para conversar com todo mundo (vou falar mais sobre isso abaixo!).

# Unifique a comunicação de trabalho em apenas uma ferramenta

Nada de falar no WhatsApp! Não me entenda mal, WhatsApp é uma ferramenta ótima e que funciona super bem porém… para uso pessoal. Não é legal que as coisas se misturem porque você não descansa vendo mensagens de trabalho e, do outro lado, uma mensagem importante pode ficar perdida entre o grupo da família e os amigos do futebol.

Para que as informações não se percam em meios de comunicação diferentes, priorize uma única forma de contato, de preferência uma ferramenta que permita dividir canais por assunto ou projeto. Assim, você saberá que toda informação referente aquele projeto está lá — Slack e o Basecamp são bons exemplos para isso. E o pessoal não irá se misturar com o profissional. ;)

# Estabeleça combinados de horários com o time

Converse com a equipe e organize horários fixos para reuniões diárias rápidas para tirar dúvidas e resolver questões. Essa é uma maneira de garantir que todos estarão online quando realmente precisa estar e sem atrapalhar a rotina de ninguém.