4 cenários que mostram que ter um time distribuído é o melhor caminho

Você já imaginou que a sua empresa pode estar contratando pessoas como na era da Revolução Industrial? Quando você exige que o seu time trabalhe 8h por dia e dentro do escritório, essa ainda é uma mentalidade que está presa a um modelo criado há muito tempo. Agora está na hora de olhar para frente criando equipes mais dinâmicas e distribuídas.

No mercado de trabalho, você já deve ter percebido, mas existe uma “guerra de talentos” e isso não é resultado da falta de profissionais qualificados, pelo contrário, porque eles existem em abundância.

Esse movimento aconteceu porque a relação com o trabalho mudou. Os melhores profissionais já descobriram o poder da flexibilidade e limitar a sua vida a uma rotina de escritório já não parece mais uma opção tão atrativa, existem outras fatores que são levados em consideração agora.

Querendo você ou não, essas mudanças de mentalidade impactam a empresa em que você trabalha. Essa é a sua oportunidade: escolher encará-las e evoluir ou ficar em uma posição estagnada e fazer o seu negócio perder espaço.

Aqui vão alguns (dos muitos) cenários onde ter um time distribuído pode resolver vários dos seus problemas.

1. A empresa precisa crescer rapidamente

Suponha que o seu produto ou serviço tenha crescido a demanda subitamente e você precise de mais pessoas na sua equipe em pouco tempo.

Fazer um processo seletivo no modelo tradicional será lento, enquanto, com a ajuda da Internet, você pode encontrar, em qualquer lugar do mundo, profissionais qualificados e com as características necessárias para desempenhar essas tarefas. Sem contar que você também não precisará aumentar ou alterar a estrutura da sede da companhia para alocar esses novos membros. (:

2. Está faltando um especialista na sua equipe

Pode ser que um projeto específico venha a exigir um tipo de conhecimento ou especialista que o seu time de profissionais não dispõe. Nem por isso, você precisa se desesperar porque não encontra ninguém apto na sua cidade para desempenhar essa função.

Formar uma equipe distribuída permite que você preencha rapidamente essa lacuna de habilidades que o seu projeto está pedindo, pois você tem acesso a um número muito maior de pessoas que podem ter os *skills *que estão sendo procurados. Além de permitir, que você e todos os outros membros do time estejam em contato com profissionais de diferentes áreas de conhecimento de forma muito mais fácil e ágil.

3. Você está começando algo novo, como uma startup

Talvez você ainda não tenha recursos suficientes para fazer tudo o que deseja e nem possa bancar salários dos mais atrativos.

Por isso, recrutar um time distribuído para trabalhar com mais autonomia e flexibilidade, construindo uma cultura e um produto/serviço desde o início, pode ser bastante desafiador e animador para essas pessoas.

4. Você precisa ter maleabilidade para dimensionar o tamanho da sua equipe

Vamos imaginar que para o seu modelo de negócio não faça sentido contratar profissionais *full time *ou em regime CLT, pois você tem demandas muito específicas em alguns períodos ou projetos muito diferentes uns dos outros.

Um dos maiores benefícios de se trabalhar remotamente com times distribuídos é que uma rede de profissionais pode ser formada. Ou seja, você tem a opção de chamá-los somente nos projetos necessários, sem assumir outros compromissos e responsabilidades que não fazem sentido naquele momento.

Você está vivendo alguns desses cenários? Ou já viveu outra situação em que formar um time distribuído trouxe muitos benefícios para o negócio? Conta para a gente, vamos adorar mergulhar mais a fundo nessa conversa!