A nossa conversa, no fundo, tem muito a ver com propósito. Vou arriscar começar com uma pequena história: ouço falar por aí que muitas empresas permitiram que suas equipes trabalhassem de casa, mas, por consequência, essas pessoas acabaram mais isoladas e trabalhando de forma mais individual. E isso não é legal. Home Office é diferente de trabalho remoto!

Você já deve estar entendendo onde eu quero chegar… uma empresa pode utilizar novas tecnologias, para infraestrutura e comunicação, e enviar sua equipe para trabalhar fora de um escritório, mas nada disso adianta se não forem criadas conexões maiores do que essas.

Para o trabalho remoto funcionar, temos que assumir a postura de um time que está distribuído. Deixar de ser somente pessoas que podem trabalhar de qualquer lugar — até mesmo de um escritório — e trabalhar por um objetivo comum. Espalhados por diversos lugares no mundo ou em uma mesma cidade, juntos precisamos estar comprometidos para entender o que precisa ser feito e como iremos executar isso como um time.

Agora a parte mais legal: Como é possível se comportar como um time distribuído?

Aqui vão algumas dicas para ajudar você a começar (ou potencializar o trabalho remoto do time distribuído!):

Coloque a experiência remota sempre em primeiro lugar

Isso quer dizer que a experiência remota é o padrão e não uma “gentileza”. Se uma pessoa do time está "remoto", estamos todos remotos, ponto. Quem está trabalhando remoto é tão importante quanto quem escolheu, por vontade própria, trabalhar no escritório.

Centralize cada tipo de comunicação em seu devido lugar

Deixe o e-mail e principalmente o WhatsApp de lado para se comunicar com a equipe e se abra a novas possibilidades que vão facilitar muito a sua vida.

Slack e Basecamp: são ótimas escolhas para ferramentas de chat que podem ter canais focados em projetos ou times.

Zoom: é uma excelente escolha para reuniões remotas.

Flow e Basecamp: são boas indicações para gerenciar projetos e ter discussões mais profundas que não podem se perder no imediatismo do chat.

Ah, só tenha certeza de que todos estejam de acordo com a escolha. Mais importante do que a ferramenta são os princípios por trás e a utilização delas pelo time! :)

Torne os objetivos explícitos e compartilhados

Tirar aprendizados das metodologias ágeis pode ajudar muito nesse sentido. A primeira reunião da semana deve ser aquela onde o time distribuído define o que faz sentido executar naquele ciclo e como eles querem atingir esse objetivo.

Depois, a evolução pode ser acompanhada em reuniões diárias. Pequenos encontros, de 30 minutos no máximo, onde cada um da equipe fala sobre progressos e bloqueios em relação ao objetivo que foi definido.

Lembrete: a equipe pode estar espalhada por vários cantos deste Planeta, até com fusos horários diferentes, e, por isso, é importante que as reuniões ocorram sempre em um mesmo horário pré-marcado no início do projeto.

Torne claras as expectativas do que cada um deve entregar

Não espere dos outros o que você faria, diga! Esqueça as meias palavras, ok? É muito importante que você seja objetivo e deixe claro tudo o que precisa de cada um para conseguir executar o seu trabalho.

Em chats ou threads a comunicação assíncrona impera, você não tem certeza de quando a pessoa vai ver aquela mensagem. Nesse caso, aproveite e já deixe uma mensagem que deixe claro qual é a sua dúvida e o que você precisa dela.

Se quiser respostas mais imediatas, aproveite as reuniões diárias, como falei acima, para compartilhar esses pensamentos (seja objetivo!).

Crie conexões pessoais e não somente profissionais

Quando você trabalha remoto, sem o contato físico com seu time, talvez uma das maiores dificuldades seja reconhecer os seus colegas como seres humanos tridimensionais. Pequenos hábitos podem mudar isso e permitir com que o time desenvolva mais intimidade e empatia entre si:

A relação com trabalho pode ser repensada com a ajuda de tecnologias que permitem nos comportar como um time distribuído, mas não vale achar que as ferramentas são o ponto essencial. A mudança está muito mais na forma de pensar, no mindset, para condução de um projeto e na capacidade de potencializar habilidades individuais de cada um, independente da localização.

Quer saber mais sobre times distribuídos e trabalho remoto?

💜 Faça parte do Movimento! #beofficeless

E aquela compartilhada marota?

Outros posts

10 lições que aprendi sobre trabalho remoto em 4 anos com um time distribuído

Por que o autoconhecimento é importante para ter mais autonomia no trabalho remoto?

Rotina pessoal e trabalho remoto: como é possível manter um time distribuído em sincronia?

Faça parte do movimento
#beofficeless

Milhares de pessoas já se tornaram Officeless e voltaram a amar o trabalho que fazem. Ajude você também a acelerar essa mudança que é necessária.

Faça parte do movimento