Em algum momento, você já deve ter caído na ideia de que é mestre em ser multitarefa. Eu mesma já me coloquei nessa armadilha. Porém, o nosso cérebro não foi projetado para agir dessa forma. Toda vez que nos bombardeamos com informações e não focamos em nada estamos causando danos ao cérebro.

Na sua rotina matinal, por exemplo, você checa e-mails e passa café ao mesmo tempo? Fica vendo as redes sociais enquanto está dirigindo? Talvez você nem tenha percebido, mas essas trocas constantes deixam você mais cansado. Pode parecer que não, então vou mostrar o que andei pesquisando.

Ser multitasking mata a produtividade

Atuar dessa forma, literalmente, é capaz de drenar as reservas de energia do cérebro. Neurocientistas afirmam que essas mudanças usam a glicose oxigenada no cérebro, consumindo o mesmo “combustível” necessário para se concentrar em uma tarefa e é por isso que ficamos tão cansados.

“As pessoas comem mais e tomam mais cafeína. Muitas vezes, o que você realmente precisa nesse momento não é cafeína, mas apenas uma pausa. Se você não fizer intervalos regulares a cada duas horas, seu cérebro não se beneficiará dessa xícara extra de café.” — Daniel Levitin, professor de neurociência comportamental da Universidade McGill em Montreal, Canadá.

E, se pausas são importantes, por que você não usa o trabalho remoto ao seu favor?

A liberdade e a autonomia que encontramos no trabalho remoto nos possibilita trabalharmos da forma que for melhor para a gente. A única exigência é ser responsável com prazos, compromissos e entregas. A forma como você irá conduzir esse processo pouco importa para os outros, mas para a sua saúde é muito importante.

Em outro estudo, do neurocientista Daniel Levitin, foi descoberto que as pessoas que fazem pausas de 15 minutos a cada duas horas acabam sendo mais produtivas. Mas, você não precisa seguir religiosamente essa regra.

Eu, por exemplo, funciono muito bem com a técnica do pomodoro. O exercício de trabalhar 25 minutos sem interrupções e ter cinco minutos para descanso.

5 maneiras para perder o hábito de ser multitasking

1. Tenha uma concentração ativa

Está em busca de uma solução para um projeto do trabalho? Você não precisa ficar sentado no escritório da empresa ou na sua sala de estar onde trabalha em casa. A ideia de trabalhar remoto possibilita que você esteja em qualquer lugar, lembra?

A concentração ativa não tem um tempo e nem espaço exato para acontecer. O primeiro passo é fazer algo que lhe traga bem-estar, pode ser de frente para o mar, na fazenda, ouvindo música e aproveitar esse período para se concentrar em uma única coisa. Essa é a proposta, isso só funcionará se você combinar atividades que exigem o seu cérebro de maneiras diferentes.

2. Planeje um tempo especifico para as suas distrações

Quando você está muito focado em uma única tarefa, parar para responder um e-mail ou uma mensagem no canal de comunicação da sua equipe pode ser um problema. Um método eficaz para lidar com isso é criar horários específicos para essas atividades. Por exemplo, você pode decidir que vai olhar e responder as mensagens às 10h e às 17h, ao invés de estar constantemente conectado.

As redes sociais também ocupam um tempo significativo dos nossos dias, mas nem por isso você precisa se abster totalmente delas. Você só precisa saber usar com moderação.

Treine o seu cérebro. Tenha horários para checar o seu Instagram, Facebook e WhatsApp. Uma dica é fazer isso em períodos curtos de 15 ou 30 minutos.

3. Remova as notificações de trabalho do seu celular

É fácil misturar o pessoal com o profissional trabalhando remotamente. Com a possibilidade de não ter mais horário fixo, você se sente na obrigação de estar 24 horas conectado com o trabalho. Mas, você não precisa carregar esse peso com você.

Remover as notificações de e-mail e de outros canais de comunicação do seu projeto é importante para que você também pode se dedicar única e exclusivamente para a sua vida pessoal na hora certa. A hora do exercício é a hora do exercício e nada mais. Não deixe que os compromissos profissionais atropelem outras coisas que você também gosta de fazer.

O mundo continuará girando e, caso surja alguma demanda extremamente urgente, as pessoas certas encontrarão você.

4. Proteja o seu tempo de qualidade

O foco é uma habilidade valiosa e que também nos ajuda a atingir os níveis mais elevados de produtividade. Qual é o horário em que você está mais produtivo?

O meu horário, por exemplo, é no período da manhã. Então é nesse tempo que vou estar totalmente focada nas atividades mais complexas do meu dia. Nada de pequenas distrações ou interrupções desnecessárias, eu até evito marcar reuniões nesse horário para conseguir ter um tempo onde esteja inteiramente focada.

5. [Bonus Point] Pratique meditação

O trabalho remoto ensina você a respeitar o seu próprio tempo. Já a meditação, é o maior exercício que você pode fazer para respeitá-lo.

Reservar alguns minutos para meditar fará com que você se torne mais consciente e objetivo ao longo do dia. É como um treino de foco para sua mente. Assim como você treina seus músculos na academia ou no esporte que você faz, sua mente também precisa ser treinada. Quanto mais você se dedicar à prática, mais fácil será de escolher as tarefas que merecem a sua atenção e evitar distrações.

Ser multitarefa é um verdadeiro mito. Essa, na verdade, é apenas mais uma desculpa para você fugir do que realmente precisa da sua atenção. A ideia de resolver tudo ao mesmo tempo não faz você ser mais produtivo, pelo contrário, você chegará ao fim do dia com um “check” ao lado de várias pequenas tarefas, mas sem nenhum objetivo concreto concluido.

Faça parte do movimento Officeless! ❤ #beofficeless

E aquela compartilhada marota?

Outros posts

10 lições que aprendi sobre trabalho remoto em 4 anos com um time distribuído

Por que o autoconhecimento é importante para ter mais autonomia no trabalho remoto?

Rotina pessoal e trabalho remoto: como é possível manter um time distribuído em sincronia?

Faça parte do movimento
#beofficeless

Milhares de pessoas já se tornaram Officeless e voltaram a amar o trabalho que fazem. Ajude você também a acelerar essa mudança que é necessária.

Faça parte do movimento