Esse post faz parte da série dedicada a como melhorar a comunicação trabalhando com times distribuídos. A gente já falou sobre a ferramenta que mais utilizamos para a comunicação interna que é o Slack e o assunto de hoje é sobre um grande detalhe presente no nosso dia-dia: Gifs e Emojis.

Bem, não é tão recente assim que escritores tentaram fazer com que a escrita se tornasse mais visual para expressar tom de voz e emoções. Essa é história é bem antiga. Mas foi apenas com o advento da internet, ainda nos anos 80, que os primeiros emojis começaram a se tornar as tão populares carinhas amarelas que a gente conhece 😀.

Uma particularidade aqui do Startaê é que utilizamos emojis diariamente nos canais do Slack. Temos até uma brincadeira interna de tentar decifrar o que cada um escreve através de emojis para deixar seu status no canal #general, que é o nosso “Office virtual”.

“Cozinhando um frango pra almoçar, depois vou no banco pegar o dinheiro do Yummmy, sair correndo pro office ficar de olho na Victoria Haidamus e no Rafael Torales”.“Cozinhando um frango pra almoçar, depois vou no banco pegar o dinheiro do Yummmy, sair correndo pro office ficar de olho na Victoria Haidamus e no Rafael Torales”.

O nosso office virtual funciona como qualquer outro escritório. Exemplo, em um ambiente físico quando você chega, você cumprimenta os colegas com bom-dia, olá, hello, e aê, conversa, e faz piadas, certo? A ideia aqui também é essa. Nesse canal, #general, fazemos tudo isso. No Slack ainda é possível fazer uploads de emojis customizados o que deixa esse office virtual ainda mais legal.

A gente também faz o uso dos emojis como reactions, que na tradução literal seria a nossa reação para mensagens nos posts no Slack. Os posts, para anunciar novidades ou para abrir discussões sobre o que está rolando dentro do Startaê. Usar os emojis como reactions evita uma quantidade de comentários desnecessários só para saber que todo mundo leu aquele post. Basta um 👍, ✅ ou 👀 e tá tudo certo.

[Thiago Oliveira](undefined) avisando que vai tirar uns dias de férias.Thiago Oliveira avisando que vai tirar uns dias de férias.

Agora, se você quer tentar expressar uma emoção sobre um determinado assunto, nada melhor que usar Gifs animados. Esses pequenos e às vezes gigantes formatos de imagem de aparência zoada já são considerados uma forma de arte.

Flavio Ludgero num momento especial eternamente em loop.

Flavio Ludgero num momento especial eternamente em loop.

Muito do nosso dia-dia é permeado de Gifs animados. Eles podem ser utilizados em várias situações. Seja na comunicação no Slack, em apresentações e até projeção de fundo para eventos & festas como as nossas Gif-Parties. A gente usa bastante. Temos até um dia dedicado para a postagem dos Gifs mais sem sentido da semana. Às Sexta-feiras ou WTFridays. A regra é: postar gifs engraçados sem padrão nenhum entupindo a timeline. Simples assim e apenas isso. (rs)

Diferente dos emojis, existem várias integrações para adicionar Gifs com simples comandos dentro do próprio Slack. ou outros apps onde você pode criar listas de favoritos (sim, eu perco meu tempo fazendo isso sim) como o Gif keyboard e o site GIPHY.

Gifs são incríveis para a comunicação de quem trabalha remoto. Séries, desenhos, filmes, músicas e especialmente uma infinidade de reactions estão ai disponíveis para você se comunicar com mais personalidade. Sim, personalidade. Por exemplo:

Nosso famoso “Gif da Caneca”.Nosso famoso “Gif da Caneca”.

Esse sou eu concordando remotamente que Gifs e emojis melhoram bastante a comunicação do trabalho remoto.

Com Gifs a gente consegue expressar e despertar emoções virtualmente que transcendem palavras, levando a comunicação para um outro nível. Use e abuse sem moderação.

👀 ∙ ✅ ∙ 👍 → Officeless.

E aquela compartilhada marota?

Outros posts

10 lições que aprendi sobre trabalho remoto em 4 anos com um time distribuído

Por que o autoconhecimento é importante para ter mais autonomia no trabalho remoto?

Rotina pessoal e trabalho remoto: como é possível manter um time distribuído em sincronia?

Faça parte do movimento
#beofficeless

Milhares de pessoas já se tornaram Officeless e voltaram a amar o trabalho que fazem. Ajude você também a acelerar essa mudança que é necessária.

Faça parte do movimento